Categoria Notícias

Família Acolhedora

O Programa da Família Acolhedora prevê que uma família acolha a criança ou o adolescente afastado da convivência com seus pais ou responsáveis, em sua residência, mediante o recebimento de uma ajuda de custo, até que esta criança ou adolescente seja reinserida em sua família ou devidamente adotada. A família acolhedora recebe uma bolsa auxílio no valor de um salário mínimo por criança ou adolescente, até dois acolhidos, sendo que a partir do 3° acolhimento recebe meia bolsa auxílio. O serviço atende a faixa etária de crianças e adolescentes de 0 a 18 anos incompletos.

As famílias após se inscreverem no serviço serão cadastradas e selecionadas, gradativamente, de acordo com a necessidade, parecer psicossocial favorável, bem como disponibilidade de recursos financeiros dos fundos, até o limite de 04 (quatro) famílias acolhedoras.

O Programa de Acolhimento Familiar tem alcançado expressivo resultado em benefício da criança e do adolescente, pois evita que eles sejam encaminhados para abrigos ou entidade similares, que possuem uma dinâmica de trabalho muito distante do ambiente familiar.

O “Direito à Convivência Familiar” está assegurado na Constituição Federal de 1998 e no art. 32 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90), como um dos direitos fundamentais a serem assegurados a todas as crianças e adolescentes com a mais absoluta prioridade, tendo a família acolhedora preferência sobre as instituições ou entidades de acolhimento.

A inscrição das famílias interessadas em participar do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora será gratuita e realizada no período compreendido entre os dias 15/10 a 20/10/2018.

Confira o EDITAL na íntegra:

FAMILIA ACOLHEDORA - EDITAL

 

(3) pessoas leram esse texto.

Estão abertas as inscrições para o XXIII ENAPA – Adotar é mais que Bonito!

O Encontro Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção – ENAPA reúne todos os anos, desde 1996, os membros dos grupos de apoio à adoção do Brasil, juízes, promotores, psicólogos, assistentes sociais, advogados, pais e filhos por adoção, pessoas voluntárias das ONGs, estudantes e público em geral, para trocar experiências sobre a adoção e fortalecer as ações em seu benefício.

 

PROGRAMAÇÃO DO XXIII ENAPA

DIA 15/11/2018 – QUINTA-FEIRA

08:00 às 17:00 – Workshop da ANGAAD – Reservado aos coordenadores dos Grupos de Apoio à Adoção – Local: FUNLEC BONITO
18:00 – Credenciamento para o ENAPA – Local: Centro de Convenções de Bonito
19:00 – Abertura – Auditório Guaicurus
20:00 – Palestra de Abertura: “Não Abandone os Seus Filhos!” com Aly Baddauhy Jr.

Aly Baddauhy Jr.

Aly Baddauhy Junior é professor, coach e palestrante. Estuda o comportamento humano. Faz parte do time de treinadores da Sem Mais Desculpas, empresa referência em treinamento comportamental no Brasil. Formação acadêmica em Coach Integrativo Sistêmico e Coach Quântico Sistêmico.

Apresentação: Líbera Copetti – Presidente do IBDFAM/MS

21:00 – Jantar de Acolhida – Espaço Guató (incluso no valor da inscrição)

DIA 16/11/2018 – SEXTA-FEIRA

08:00 – Abertura – Auditório Guaicurus

08:00 – Palestra 02: “Adotar é mais que Bonito!” com Luiz Schettini Filho

Luiz Schettini Filho

 

Luiz Schettini Filho é psicólogo, filósofo e teólogo. Psicoterapeuta de crianças, adolescentes e adultos há 40 anos. Supervisor de formação de psicólogos clínicos.  Professor universitário. Conferencista na área de Educação, Relações Familiares, Relações Interpessoais e Adoção, no país e no exterior. Autor de 23 livros.

Mediador: Alessandro Leite. Juiz de Direito do Estado de Mato Grosso do Sul.

08:50 – Debates, encerramento e composição da nova mesa

09:10 – Palestra 03: “Direitos Humanos Fundamentais de Crianças e Adolescentes” 

Tema 01: Parto Anônimo e o direito de conhecer a própria origem com Elza Boiteux

Elza Boiteux

Elza Antonia Pereira Cunha Boiteux é professora da USPLivre-docente e doutora em Direito pela USP. Mestre em Direito pela UFSC. Possui aperfeiçoamento na Área de Linguagem e Teoria do Discurso pela Unicamp. Especialista e graduada em Direito pela Instituição Toledo de Ensino. Orientadora dos programas de mestrado e doutorado da USP. Atua principalmente nas áreas de Filosofia do Direito, Direitos Humanos e Direito Ambiental. Professora em cursos no Brasil e no exterior.

Tema 02: Atitudes adotivas e a situação das crianças refugiadas venezuelanas com Irineia Senise

Irineia Senise

Irineia Maria Braz Pereira Senise é advogada e professora. Doutora, Mestre e Graduada em Direito pela USP. Especialista em Direito Internacional Público pela Universidade de Paris. Pesquisadora no Departamento de Relações Internacionais da Universidade de Londres. Formação em Direito Internacional Público pela Academia de Direito Internacional de Haia (Holanda) e Direito Europeu pela Universidade de Camerino (Itália).

Mediador: Maurício Cléber Miglioranzi. Juiz de Direito do TJMS.

10:10 – Debates e encerramento.

10:30 – Intervalo – Coffee break (incluso no valor da inscrição)

11:00 – Palestra 04: “Repensando os papéis da Magistratura, do Ministério Público e da Defensoria Pública no processo de adoção” com  Gustavo Henrique Pinheiro Silva, Sávio Bittencourt e Sérgio Luiz Ribeiro de Souza.

Sávio Bittencourt

Sávio Bittencourt é Procurador de Justiça do MP/RJ e professor. Doutor em Geografia (UFRJ). Mestre em História Social pela Universidade Severino Sombra. Graduado em Direito (UFF). Professor da FGV, da Escola Superior da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – EMERJ e da Fundação Escola Superior do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Fundador do GAA Quintal da Casa de Ana – Niterói. Ex-presidente da Angaad.

Gustavo Henrique Pinheiro Silva é Defensor Público do Estado de Mato Grosso do Sul. Graduação em Direito pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Atuou por 04 anos na 2ª Vara de Sidrolândia. Dedica-se à causa da infância e da juventude, tanto na seara protetiva, quanto infracional. Pai do Lucas e da Laura

Sérgio Luiz de Souza

Sérgio Luiz Ribeiro de Souza é Juiz de Direito do TJ-RJ e professor. Presidente do Fórum Nacional da Justiça Protetiva – Fonajup. Professor da Escola de Administração Judiciária e da Escola da Magistratura do Estado de Rio de Janeiro. Autor de obras jurídicas. Vencedor do Prêmio Inovare, 2015, com o Projeto “Apadrinhar: Amar e Agir para Realizar Sonhos”.

Mediadora: Janeli Basso. Promotora de Justiça da Infância e da Juventude de Mato Grosso do Sul.

12:30 – Debates e encerramento 

12:50 – Intervalo para almoço: Espaço Guató (incluso no valor da inscrição)

14:30 – Palestra 05: “As inovações da Lei 13.509/2017 e a sua efetividade” com Paulo Lépore

Paulo Lépore

Paulo Lépore é professor, doutrinador e advogado. Pós-doutor em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutor em Serviço Social pela Universidade Estadual Paulista. Doutorando em Direito pela Universidade de Coimbra. Professor de ECA e Direito Constitucional. Autor de diversas obras jurídicas.

Mediadora: Patrícia Cozzolino. Defensora Pública do Estado de Mato Grosso do Sul.

15:20 – Debates, encerramento e composição da nova mesa

15:40 – Palestra 06: “Critérios para a Reintegração, Destituição e Adoção: é possível uma tomada de decisão objetiva?” com André Tuma e Leila Dutra Paiva.

André Tuma

André Tuma é Promotor de Justiça do MP/MG. Especialista em Direito Penal e Criminologia (USP). Especialista em Direito da Saúde (UNB). Coordenador Regional das Promotorias de Justiça de Defesa da Educação e de Defesa da Criança e do Adolescente do Triângulo Mineiro. Coordenador do Fórum Nacional dos Membros do Ministério Público da Infância e Adolescência–Proinfancia.

Leila Dutra Paiva

Leila Dutra de Paiva é psicóloga, professora e escritora. Mestre em Psicologia Clínica (USP). Especialista em Terapia Familiar e de Casal (PUC-SP). Psicóloga judiciária do TJ-SP. Professora, Supervisora e Orientadora de Pesquisas na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Professora-convidada no Curso de Especialização em Terapia Familiar e de Casal (PUC-SP). Possui atuação em psicologia clínica e psicologia jurídica.

Mediadora: Silvana do Monte Moreira. Advogada.

16:40 – Debates e encerramento

17:00 – Intervalo – Coffee break (incluso no valor da inscrição)

17:30 – Palestra 07: “Atendendo às necessidades da criança vítima de traumas por meio de uma abordagem baseada nos vínculos” com Amanda Purvis.

Amanda Purvis

Amanda Purvis é professora do Instituto de Desenvolvimento Infantil Karyn Purvis, na Universidade Cristã do Texas, EUA. Assistente Social, graduada pela Metropolitan State University em Denver, CO. Atuou no Serviço de Proteção à Criança e ao Adolescente. Foi diretora de projetos do Centro de pesquisas em pós-adoção do Colorado e hoje trabalha no Instituto Purvis. Possui vasta experiência no treinamento e mentoria de famílias adotivas e acolhedoras. É mãe de oito filhos e colunista em jornais e revistas, tais como “Adoptive Families Magazine” e “Fostering Families Today”.

Tradução simultânea: Sara Vargas – Presidente da ANGAAD
Mediador: Deni Dalla Riva. Juiz de Direito do Estado de Mato Grosso do Sul.

18:30 – Debates

19:00 – Encerramento do dia – Noite livre

DIA 17/11/2018 – SÁBADO

08:00 – Palestra 08: “Adoção e Questões Polêmicas”

 Tema 01: Adoção indígena e seus desafios com Katy Braun do Prado

Katy Braun do Prado

Katy Braun do Prado é Juíza de Direito do TJ-MS. Coordenadora da Infância e Juventude do TJ/MS. Especialista em Direito e Antropologia Filosófica pela Uniderp. Especialista em Controle de Constitucionalidade e Direitos Fundamentais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Tema 02: Os filhos e os transtornos psiquiátricos com Rodrigo Abdo

Rodrigo Abdo

Rodrigo Abdo é médico psiquiatra e professor. Doutor em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Mestre em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal. Especialista em Psiquiatria da Infância e da Adolescência. Psiquiatra Forense. Professor do Instituto Sapiens de pós-graduação em psicologia.

Tema 03: “Avanços e retrocessos em matéria de adoção” com Fernando Moreira

Fernando Moreira

Fernando Moreira Freitas da Silva é Juiz de Direito. Mestre em Direito Negocial pela UEL. Especialista em Controle de Constitucionalidade e Direitos Fundamentais pela PUC/RJ. Especialista em Direito Empresarial pela UFMT. Especialista em Gestão Pública pela UNIC. Aperfeiçoamento em Direito Europeu pela Universidade de Camerino – Itália. Vice-presidente da Comissão Nacional de Adoção do IBDFAM. Professor da ESMAGIS- Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso do Sul.

Mediadora: Eliana Bayer Knopman. Psicóloga do TJRJ.

09:40 – Debates e encerramento.

10:00 – Intervalo – Coffee break (incluso no valor da inscrição)

10:30 – Palestra 09: “Expansão, Impacto e Sustentabilidade dos Grupos de Apoio à Adoção no Brasil” com Sara Vargas – Presidente da ANGAAD.

Sara Vargas

Sara Vargas é Presidente da Angaad. Graduada em Direito (UFU). Especialista em Terapia Sócio-construtivista e Psicodramaticista de Famílias e Casais (PUC-GO). Personal Coach, Professional e Positive Life Coach e Executive Coach. Fundadora e coordenadora executiva do GAA Pontes de Amor. Membro da Christian Alliance for Orphans. Coordenadora brasileira do Orphan Sunday. Escritora. Palestrante.

Mediadora: Mara Lucia Silva Dourado. Promotora de Justiça de Araxá-MG.

11:20 – Debates, encerramento e composição da nova mesa

11:40 – Roda de Tereré: “Adoção e a ciranda da vida: as experiências com filhos adotivos” Entrevistador: Diógenes Duarte (AFAGAS) com a presença dos entrevistados: Jussara Tuma, Maria Bárbara Toledo, Halia Pauliv, Soraya Pereira e Suzana Schettini.

 Diógenes Duarte

Entrevistador: Diógenes Ferracini Duarte. Presidente do GAA Afagas/Sidrolândia. Analista Judiciário do TJ/MS, lotado na 2ª Vara de Sidrolândia. Graduando em Psicologia, Direito e Gestão Pública. Jornalista. Mestre de Cerimônia. Membro da Diretoria da Angaad. Criador de diversos personagens em eventos sobre adoção, destacando-se Marilu (Maria Lucrécia); Dom Quixote; Palhaço; Homem de Lata, etc.

Halia Pauliv

Halia Pauliv de Souza. Professora de Biologia e escritora. Palestrante em diversos cursos pelo Brasil, abordando temas como Adoção, Educação e Sexualidade. Possui diversas obras publicadas sobre esses assuntos.

Jussara Tuma

Jussara Tuma. Analista Jurídica do MP/MG. Graduada em Direito pela Universidade de Uberaba. Membro do GRAAU – Grupo de Apoio à Adoção em Uberaba/MG. Membro da Diretoria da Angaad. Mãe do Dudu.

Barbara Toledo

Maria Bárbara Toledo. Tabeliã de Duque de Caxias/RJ e professora universitária. Mestre em Direito pela Universidade Estácio de Sá. Especialista em Direito Especial da Criança e do Adolescente (UERJ). Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Fundação Dom André Arcoverde. Especialista em Direito Notarial (PUC-MG). Fundadora do GAA Quintal da Casa de Ana. Ex-presidente da Angaad. Diretora de Relações Institucionais da Angaad.

Soraya Pereira

Soraya Pereira. Psicóloga. É psicodramaticista, especialista em crianças e adolescentes. Presidente do GAA Aconchego-DF. Pós-graduação em Recursos Humanos. Consultora técnica em processo de acolhimento institucional, adoção e projetos sociais.

Suzana Schettini

Suzana Schettini. Psicóloga. Mestre em psicologia clínica. Especialista em adoção. Professora em cursos de graduação e pós-graduação. Escritora. Palestrante. Ex-presidente da Angaad. Membro do GEAD Recife e Membro da Diretoria da Angaad.

12:30 – Apresentação da cidade-sede do próximo ENAPA

13:00 – Almoço de Encerramento (incluso no valor da inscrição)

DIA 17/11/2018 – SÁBADO À NOITE

20:00 – JANTAR PANTANEIRO COM MÚSICA AO VIVO (por adesão)
Valores: R$ 120,00 (adultos*) e  R$ 80,00 (de 06 a 18 anos*)
** bebidas não estão inclusas

Imagem ilustrativa

APOIO

(420) pessoas leram esse texto.

Palestras deixaram gostinho de saudade!

Ocorrida na noite de sexta-feira (02/02), no Ferrières Espaço para Eventos, em Sidrolândia-MS, a palestra COMO EDUCAR NO SÉCULO XXI? com Dr. Luiz Schettini foi um sucesso. Profissionais das áreas de educação, assistência social, serviços de acolhimento, conselheiros tutelares, servidores do Ministério Público, do Poder Judiciário, pais, educadores, secretários municipais e a população em geral, reuniram-se em torno do tema com muito interesse e participação.

Conforme Dr. Luiz, atualmente se vive em uma sociedade que está em constante transformação, de modo que o conceito de família foi modificado ao longo da história e a Pedagogia da Convivência é a chave para a realização dos objetivos em comum.

No dia 03/02 foi a vez de Campo Grande que recebeu, além da palestra do Dr. Luiz Schettini, a Roda de Conversas dirigida por Suzana Schettini, que abordou os aspectos psicossociais para uma adoção bem sucedida.

Em todas as palestras o público presente saiu encantado, pedindo que não se demore a realizar um novo evento com esse formato.

Confira algumas fotos dos eventos.

(37) pessoas leram esse texto.

ENAPA 2018 – Adotar é mais que Bonito

A direção da AFAGAS – Sidrolândia, presidida por Diógenes Ferracini Duarte, sob a coordenação do juiz Dr. Fernando Moreira, titular da Vara da Infância de Sidrolândia e da juíza Dra. Katy Braun, Coordenadora da Infância e Juventude do TJMS, na companhia do Sr. Vanderley Souza, Diretor Executivo do TJMS, representando o Presidente do TJMS, Des. Divoncir Schreiner Maran, estiveram em Bonito, cidade-sede do próximo ENAPA, que será realizado entre os dias 31.05 e 02.06.18, com o lema ADOTAR É MAIS QUE BONITO, visando revisar o lugar escolhido para o evento, determinar a logística da execução do projeto e, sobretudo, firmar as parcerias necessárias para a sua realização.

A comitiva foi recepcionada pela Dra. Paulinne Simões, juíza da Vara da Infância de Bonito e anfitriã do ENAPA, e também pela Dra. Adriana Lampert, juíza da 1ª Vara de Bonito. Durante o encontro, foram apresentados os planos de ação do ENAPA, o orçamento esperado e a necessidade de recursos que a AFAGAS está buscando para a realização do evento.

Estavam presentes também o Prefeito da cidade de Bonito, Sr. Odilson Soares, a primeira dama e Secretária Municipal de Assistência Social, Sra. Ilza Soares, o Procurador Jurídico do Município, Dr. José Anezi, o Secretário de Turismo de Bonito e Presidente do COMTUR – Conselho Municipal de Turismo, Sr. Augusto Barbosa Mariano, a representante do Bonito – Convention e Visitors Bureau, Sra. Janaina Mainchein, além de servidores da Prefeitura Municipal de Bonito e os representantes da rede hoteleira da cidade.

O encontro foi bastante produtivo, deixando nos presentes a certeza de que o Enapa/Bonito será um evento inesquecível, não somente pelas belezas naturais da região, mas por semear atitudes adotivas por todo o país.

Link do site da agência oficial do evento:

https://eventos.h2oecoturismo.com.br/enapa2018

(511) pessoas leram esse texto.

Observatório da Adoção: Ações de Alimentos de Institucionalizados

Lançado no XIV Encontro Estadual dos Grupos de Apoio à Adoção do Rio de Janeiro o projeto Observatório da Adoção.

O Observatório Nacional da Adoção foi criado em 2017 pelo Instituto de Educação e Pesquisa do Ministério Público do Estado do  Rio de Janeiro (IEP/MPRJ) com a finalidade de integrar profissionais, pesquisadores e instituições comprometidos com a garantia do direito à convivência familiar de crianças e adolescentes. Inspirado no modelo do Observatório Permanente da Adopção, da Universidade de Coimbra (Portugal), tem como objetivo reunir estudos, atos normativos, notícias e iniciativas nacionais e internacionais, consolidando a análise e o debate sobre a adoção.

De acordo com dados de 2017 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), há mais de 47 mil crianças e adolescentes em instituições de acolhimento de todo o Brasil, mas apenas 7.640 estão disponíveis para adoção. Ainda segundo o relatório, há quase 40 mil pretendentes habilitados, o que revela a necessidade e urgência em se identificar os entraves e barreiras ainda existentes para a inclusão dessas crianças e adolescentes em uma família.

Saiba mais em https://www.obnadocao.org

(42) pessoas leram esse texto.

Garanta já os melhores preços para o ENAPA 2018

Divulgado o hotsite da empresa encarregada dos pacotes de viagem para o ENAPA 2018.

Clique aqui e acesse.

Confira os preços e garanta já sua hospedagem.

 

 

(170) pessoas leram esse texto.

Assinado o contrato com a agência de turismo oficial do ENAPA 2018

Foi assinado nesta terça feira o contrato de prestação de serviços entre a AFAGAS e a H2O Ecoturismo e Eventos, agência de ecoturismo de Bonito e que, a partir de agora, está encarregada de oferecer aos participantes do ENAPA 2018 – Adotar é mais que Bonito, condições especiais para aquisição de pacotes de hospedagem, traslado e passeios.

A escolha foi baseada na tradição e na competência da agência. A H2O Ecoturismo e Eventos tem quase 15 anos de mercado no Mato Grosso do Sul. É referência no estado em termos de organização de eventos e excelência nos receptivos Bonito e Pantanal Sul.

Muito em breve vamos disponibilizar todos os pacotes nos nossos sites e também através da estrutura da agência.

Para aqueles que desejarem, desde já, entrar em contato com a empresa, visite o site e obtenha mais informações.

https://www.h2oecoturismo.com.br

(72) pessoas leram esse texto.

Encontro mensal do AFAGAS

Com o tema Unidos para Evoluir, Evoluir para Crescer, o nosso encontro estará recheado de coisas boas e grandes novidades trazidas diretamente de Brasilia, onde aconteceu o III Encontro Nacional de Coordenadores de GAA’s.

Esperamos você!

(31) pessoas leram esse texto.

III Encontro Nacional de Coordenadores de GAAs

A coordenadora do AFAGAS, Angela Pigosso Ribeiro, e o servidor da Vara de Infância da Comarca de Sidrolândia, Diógenes Ferracini Duarte, estiveram neste final de semana (22,23 e 24/09) reunidos em Brasília-DF no III Encontro Nacional dos Coordenadores dos Grupos de Apoio à Adoção, organizado pela ANGAAD.

No encontro, além da capacitação direcionada às equipes técnicas dos GAAs e da disponibilização de conteúdo formativo que visa a melhoria do serviço prestado à sociedade pelos grupos, foi discutida a instituição de um regulamento para implantação de uma rede de busca ativa entre os grupos.

A rede tem o objetivo de ampliar a visibilidade das crianças e dos habilitados para adoção, encurtando o caminho e estreitando os laços entre as partes.

A participação do AFAGAS no evento só foi possível pelo empenho do juiz da Vara da Infância de Sidrolândia, Dr. Fernando Moreira e da Coordenadoria da Infância e Juventude do TJMS, na pessoa da juíza Katy Braun, juntamente com empresários locais, que disponibilizaram os recursos necessários aos servidores.

Nossos agradecimentos a todos.

(77) pessoas leram esse texto.