Excelentíssimo(a) Senhor(a) Doutor(a) Juiz(a) da Vara da Infância e Juventude da Comarca de Sidrolândia-MS

qualificado(s) na planilha em anexo requer(em)a Vossa Excelência habilitação à adoção com suporte no artigo 50 do Estatuto da Criança e Adolescente.
Declara(m) estar ciente(s) de que deverá comunicar POR ESCRITO qualquer mudança de endereço ou de telefone, para que possa(m) ser localizado(s), antes ou depois da sentença de habilitação. Pelo mesmo motivo, declara(m) estar ciente(s) de que, em caso de sua ausência por viagens ou férias, deverá informar POR ESCRITO onde poderá ser localizado(s), ou seu telefone de contato, para os mesmos fins.
Declara(m) ficar ciente(s) de que, se não fore(m) localizado(s) quando procurado(s), isso poderá implicar que se consulte a família seguinte cadastrada posteriormente a ele(s), para efeito de propor uma criança para adoção.
Compromete(m)-se a informar este Juízo se recebere(m) uma criança para adoção em outra comarca ou Estado ou se acolherem uma criança, bem como deverá informar sobre desistência, para fins de atualização do cadastro.
Declara(m)-se ciente(s) de que ao fim de dois anos, se não recebere(m) uma criança para adoção, deverá procurar a Vara da Infância para atualizar sua inscrição.
Instrua(m) o pedido com os documentos necessários à comprovação de suas condições psicossociais, morais e materiais, e requere(m) seja consultado o Ministério Público.
Termos em que pede(m) deferimento.

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

(0) pessoas leram esse texto.

%d blogueiros gostam disto: