Criança aprende brincando

O desenvolvimento social de uma criança é um fator que contribui para a sua inteligência emocional e cognitiva.

Interações positivas com outras crianças são uma forma prática de incentivá-las a praticar estratégias verbais e não-verbais de comunicação.

Jogos e atividades que instigam conhecer pessoas promovem o desenvolvimento de habilidades que as crianças precisam para comunicar eficazmente suas dúvidas e idéias, bem como para interpretar e compreender as idéias dos outros.

Brincar é muito mais do que um momento de descontração, é onde a criança se desenvolve, aprende, se arrisca, explora e descobre o mundo a sua volta e a si mesmo também. Ou seja, brincar é fundamental para a vida e para o desenvolvimento dos pequenos, e existe coisa melhor do que aprender brincando?

Alunos da pré escola e jardim de infância podem ter problemas para brincar e interagir com outros colegas, então se faz necessário que os pais e professoras incentivem interações casuais com jogos e brincadeiras.

Na fase de estágio pré-operatório (dos 2 aos 6/7 anos), é a fase em que as crianças reproduzem imagens mentais. Elas usam um pensamento intuitivo que se expressa numa linguagem comunicativa mais egocêntrica, porque, o pensamento delas está centrado nelas mesmas, por isso a importância de estimular a interação.

Criança aprende brincando à expressar sentimentos e emoções; imaginar, fantasiar e criar; desenvolver a atenção e concentração; organizar os pensamentos; aquisição da linguagem; tomar decisões; compreender regras; conhecer seus limites e habilidades.

Brincando aprende também sobre superação e sobre a importância de enfrentar obstáculos, respeitando os outros e a si mesmo, cooperando e compartilhando idéias e sentimentos.

Não podemos esquecer porém, o respeito ao brincar solitário da criança, é normal a criança brincar só e o adulto não deve interferir a não ser que seja convidado, primeiramente a criança brinca com o próprio corpo, depois com os objetos do mundo externo e só mais tarde inclui o outro através de jogos de regras, tudo isso de maneira alegre e saudável.

“A brincadeira é o trabalho da criança” Maria Montessori

Denise Caramori – Psicopedagoga e Terapeuta Familiar

(26) pessoas leram esse texto.

%d blogueiros gostam disto: